24 de junho de 2012

Sobre estruturas

Pessoas não são edifícios, mas também são constituídas de estruturas. Somos de certa forma, formados por lajes, vigas, e principalmente, pilares. Os pilares compõem a parte mais importante das nossas estruturas, pois é sobre ele que geralmente lançamos todos os outros esforços resultantes das lajes e das vigas. Estes tem de ser, portanto, bem calculados e colocados. Um edifício com problema em uma viga ou em uma laje pode sobreviver, no entanto se ocorrer a falência de um pilar ele irremediavelmente desabará.

Nossos pilares têm de ser firmes para aguentar qualquer carga que possa nos sobrevir. Para aguentar o peso dos nossos desvairados sentimentos, das nossas expectativas frustradas, dos nossos desejos repentinos, das nossas lembranças amargas. Nossos pilares têm de ser capazes de resistir a nós mesmos por completo e a pesos a mais, lançados sem aviso sobre nossos ombros, sobre nossas lajes. Por mais cálculos que nós façamos, sempre seremos pegos de surpresa por alguma nova carga. Na vida as coisas são muito mais imprevisíveis do que na engenharia.

Nossos pilares podem, além disso, ser de fôrmas diferentes. Devemos analisar muito bem antes de escolher aquele ou aquilo que nos sustentará, pois um pilar não pode amparar duas edificações ao mesmo tempo. Se decidir se apoiar em alguém, e fazer dela seu pilar, certifique-se de que essa pessoa é forte o suficiente para aguentar o peso dos dois. Certifique-se também de que ela quer aguentar o seu peso, não ignore o fardo dessa responsabilidade. Não trate com descaso, você ficará dependente dela pelo resto da vida.

Se os seus pilares não são resistentes o suficiente, assim como numa construção, você desabará. Restará então, apenas uma nuvem de poeira daquilo que estivemos construindo desde o momento em que nascemos: A nós mesmos. Em alguns casos, é possível se reconstruir, se reerguer novamente, mas isso demanda tempo e muito esforço. Porém é importante mencionar que não devemos fazer isso sozinhos, afinal, grandes obras não podem ser construídas por um único homem.

No fim, por mais que resistamos às cargas da vida, não seremos capazes de ir contra os efeitos do tempo. Todos nós teremos o mesmo destino: a queda. E quando esse momento chegar, nem mesmo o mais forte dos pilares será capaz de impedir. Enquanto ainda estamos firmes, devemos continuar a construir pavimentos cada vez mais sólidos em nossas estruturas, devemos, dessa forma, continuar a crescer. Não numa busca para alcançar os céus e a perfeição celestial, mas numa busca para alcançar o melhor de nós mesmos.

Se nos construirmos fortes, quando a queda chegar desapareceremos apenas do mundo físico, estaremos, entretanto, sempre vivos na memória daqueles que um dia passaram pelas ruas das nossas vidas, viveram em nós ou somente admiraram por alguns instantes àquilo que um dia nós fomos. As pessoas raramente reparam algo num edifício além de sua fachada. Uma pena. Ás vezes a estrutura é a parte mais bonita.

Para os meus colegas de edificações. 
Mantenham os seus pilares firmes, porque Estruturas está só começando.

23 comentários:

  1. Que testo lindo! Só você mesma para transformar essa "belezura" - Sistemas Estruturais - em uma coisa poética. Aplausos de pé, minha cara.
    Xoxo

    ResponderExcluir
  2. Uma beleza de crônica. Realmente se não fossem os pilares em nossas vidas, sabe-se lá onde estaríamos agora.

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Oi Mallu
    Mais um belo texto. O alicerce é a base da casa, e se a casa não tiver um ótimo alicerce cai com qualquer vento, assim também é a nossa vida, o alicerce é construído desde pequenos, quando recebemos de nossos pais, depois vamos aprendendo com a vida, com os sofrimentos.
    Bjos. e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  4. Olá L.
    Adorei o texto de hoje, e essa analogia entre as estruturas de uma construção e nós enquanto seres humanos, ficou show! Visto que, quando construímos bases sólidas, com pilares firmes, também nos tornamos pessoas melhores!


    Abraços Flávio.
    --> Blog Telinha Crítica <--

    ResponderExcluir
  5. Eu,como fã número 1, sou suspeita para falar qualquer coisa. Mas acho que esse foi um dos meus textos preferidos dos seus que já li até hoje *_*

    Nossos pilares continuarão forte, com toda a certeza.

    ResponderExcluir
  6. Boa noite, Mallu.
    Sem fundações fortes, nada poderíamos fazer.
    E devemos reforçá-las todos os dias, o mais que pudermos.
    Abraço, Mallu.

    ResponderExcluir
  7. Gostei do seu texto...
    Concordo com você, temos que manter nossos pilares firmes, para que assim, possamos aguentar as dificuldades que a vida vai nos impor...
    Gostei muito, seu texto esta muito bem escrito!
    Estou seguindo, se puder segue de volta.. :)

    Bjs!

    Jader Monteiro
    http://cinco-datarde.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Acho que a nossa vida se constitui de pilares, alicéces. O que seriam estes? Nossas ações, sentimentos, amores , desamores. Devemos estar sempre firmes e estabilizados para enfrentar as supostas quedas dos alicerces da nossa vida.

    Beijão, http://www.spiderwebs.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Como estudante de Engenharia, tenho que te dizer que achei esse texto lindo.
    A vida aqui fora, na prática, é muito mais complicada que na sala de aula.
    As cargas sobre nós às vezzes abalam nossas estruturas e precisamos de uma reforma, onde muitas vezes temos de contar com amigos que se transformam em pilares.
    Da mesma foram, cada carga gera um momento em nós; momento de tristeza, de prazer; de aprendizado... enfim, nossa estrutura está sujeita a tudo isso ao longo do tempo.
    Quando a queda chegar, ficamos na memória e na história de quem fez parte dessa obra.

    Lindo texto!
    Obrigado pela visita lá no VPC; será muito bem vinda quando voltar. Passei por aqui e fiquei. Até a próxima.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  10. Com certeza minha estrutura está fraca

    @littlepistols
    http://portifoliodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. "Que lindo.", foi o meu comentário pra esse texto e a sua finalização.
    Interessante, dona L, perceber que nós sustentamos a nossa vida em pilares tão frágeis quanto nós mesmos, né? Às vezes esperamos que alguém seja forte por nós, seja seguro por nós, nos ame pelo que não amamos em nós mesmos e ninguém, NINGUÉM MESMO, deve ter essa responsabilidade depositada sobre si.
    Aprendi que o único pilar que sustenta todos os nossos sonhos, apesar de enxergá-lo como muito mais que apenas um pilar, é Deus.

    Por que ele é amor e o amor nunca falha.

    ResponderExcluir
  12. Lindo texto, lindo blog e um título bem autêntico. Adorei aqui e visitarei sempre! Beijos http://queimedepoisde-ler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Puxa!
    Linda analogia vc fez!
    Gostei mto do seu texto e do blog, que eu sempre visito quando posso e paro pra ler, pq sempre me instiga!

    bjo
    http://lucianasantarita.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. N ã o me diga que você faz curso técnico em Edificações! Você é de onde? Conclui meu curso esse ano, há uns três meses :)
    Sobre o texto, ficou muito lindo! Só você para tirar sentimento do concreto <3

    ResponderExcluir
  15. Sabe, esse texto me fez sentir uma sensação boa, aquele tipo de sensação que deixa a gente com um sorrisinho no rosto, ainda mais na parte final, onde fala que todos reparam apenas na fachada, mas que muitas vezes o pilar é muito mais bonito. Isso é muito verdade.

    Todos somos uma construção e nem todos somos bem construídos. O bom é que sempre dá pra fazer uma reforma.

    Linda analogia.
    Beijo!
    http://miasodre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Nossa.
    Nem sei o que dizer do teu texto.
    Achei a crônica incrível. Eu amo essa capacidade de atribuir poesia a eventos aparentemente secundários de nossas vidas.
    Toda sorte com estruturas *-*

    ResponderExcluir
  17. Precisamos de um pilar, de qualquer coisa que nos sustente se não, nós não crescemos e nem passamos do primeiro andar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Nossa base é que nos deixa firmes para as imprevisibilidades da vida. Amei toda sua analogia e metáforas em seu texto ♥

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Um texto reflexivo.Sobre a base que nos sustenta,penso que cada pessoa tem a sua. Tanto faz se ela se apoia em alguém,ou em um D-s. O caso é ela saber se a sua base é forte.
    Emilie Escreve

    ResponderExcluir
  20. A nossa vida é realmente uma eterna construção.
    Depois de ler tudo isso, não tenho muito a dizer além de "Muito bom, moça! Parabéns por conseguir enxergar em Sistemas estruturais uma poesia e tirar dela um belo texto!
    Vou compartilhar com os colegas de lá da sala para inspirá-los e mantê-los firmes!
    Abraço!

    ResponderExcluir

Nada de jogar as suas opiniões pela janela!
Comentários são sempre bem vindos. Se expresse, mas seja respeitoso.

Beijo da garota que não defenestra ideias.